Uma correspondente da BBC nos Países Baixos gravou um direto com a filha de quatro anos ao lado, a falar e a rir.

Como era fim de semana e não havia escola, e Anna Holligan tinha de fazer a cobertura de um evento, levou consigo a pequena Zena, que ficou sentada num atrelado de bicicleta.

Anna Holligan precisou de gravar alguns takes até conseguir uma cena sem a participação da filha, e decidiu partilhar o momento nas redes sociais.

A alegria de dar notícias num dia em que não há escola", escreveu a correspondente da BBC no Twitter.

Durante muito tempo, há tanto quanto é mãe, a jornalista conta que não foi a primeira vez que teve de trabalhar com Zena ao lado, porque, sem ser a escola, não tem onde deixar filha, uma vez que a família vive na Escócia.

Normalmente, ela consegue ficar sossegada dois minutos. Mas naquele momento, já era quase hora de ir para a cama e ela estava excitada porque íamos telefonar à família", contou.

Anna Holligan disse, ainda, que, atualmente, encara esta situação de forma positiva e normal, quando dantes ficava stressada a tentar esconder a filha. E a pandemia de covid-19 foi decisiva para esta mudança de mentalidade.

De repente, somos todos forçados a abraçar a presença dos nossos filhos, já não era um tabu, para alguns, ter as crianças por perto. Já não sinto a ansiedade de ter de escondê-la ou de pedir desculpa pela presença dela. Tem sido uma enorme libertação, retirou muita pressão", confessou.

Com a partilha do vídeo, a correspondente da BBC quis também mostrar a outras mulheres que podem ser mães sem terem de sacrificar a carreira.

Catarina Machado