A Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG) de Angola anunciou hoje que vai lançar um concurso público, em outubro deste ano, para licitação de 10 blocos para exploração petrolífera nas bacias do Namibe e Benguela.

A informação foi transmitida hoje pelo presidente do conselho de administração da ANPG, Paulino Jerónimo, durante a sessão de abertura da conferência "Angola Oil & Gás 2019", organizada, em Luanda, pela África Oil & Power (AOP).

Segundo Paulino Jerónimo, no concurso público, cujo lançamento está agendado para 2 de outubro, serão licitados dez blocos petrolíferos, nove na bacia da província angolana do Namibe e um na província de Benguela.

A conferência que junta em Luanda, até quinta-feira, vários operadores nacionais e estrangeiros do setor dos petróleos e gás foi aberta pelo presidente angolano, João Lourenço.

De acordo com o presidente da ANPG, o processo de licitação, que se enquadra na Estratégia Geral de Produção e Concessões 2019-2025, que prevê nesse período a atribuição de 55 concessões, "vai impulsionar a atividade de exploração com vista a maximização e substituição das reservas".