Tim Walberg é um congressista republicano eleito pelo estado norte-americano de Michigan. Na passada sexta-feira, durante um encontro com os seus eleitores, na cidade de Coldwater, admitiu acreditar nas “alterações climáticas” e, até, que o ser humano tem alguma responsabilidade no assunto. No entanto, defendeu que Deus “vai resolver a questão”, se as alterações climáticas “forem realmente um problema”.

Eu acredito que há mudanças climáticas. Creio que houve mudanças climáticas desde o início dos tempos", disse Walberg perante uma plateia de eleitores. "Se eu acho que o ser humano teve algum impacto? Sim, é claro. O homem pode mudar o universo inteiro? Não"

Mas, logo em seguida, o congressista proferiu a frase que criou burburinho entre os presentes.

E porque é que eu acredito nisto? Como cristão, acredito que há um criador – Deus - que é muito maior que nós. E estou confiante que, se houver um problema real, ele pode resolver"

 

Perante a reação do público presente na reunião, o republicano acrescentou: “Não espero que concordem comigo nisto”.

Nos últimos anos, a maioria da comunidade científica tem defendido que o aquecimento global está diretamente relacionado com a ação humana. Mas há vários anos, pelo menos desde 2010, que Donald Trump deixou clara a sua posição de descrença. Para o presidente norte-americano e tendo em consideração as suas afirmações, as alterações climática são “um embuste” e “foram criadas pelos chineses, para os chineses”.

 

 

Recorde-se ainda que esta quarta-feira, a Casa Branca confirmou uma eventual saída dos Estados Unidos, do acordo climático de Paris, adotado em dezembro de 2015, por 195 países, comprometidos em manter o aquecimento do planeta abaixo dos 2 graus centígrados.

Durante a reunião do G7, Donald Trump ter-se-á recusado apoiar o acordo, alegando que precisava de mais tempo para decidir.