Um grupo criminoso realizou durante a madrugada de segunda-feira um “arrastão” no aeroporto de Aquidauana, no estado brasileiro de Mato Grosso do Sul, que culminou no roubo de três aviões.

A polícia criou uma task-force especial para encontrar os 18 assaltantes que terão fugido para a Bolívia depois de obrigarem um segurança do aeroporto a abastecer os depósitos das aeronaves.

Os aviões, dois do tipo Sky Lane e um bonanza v35b, eram propriedade de um ex-autarca da cidade de Aquidauana, José Henrique Trindade, de um empresário e do cantor Almir Sater.

Vídeo mostra momento em que os aviões levantaram voo

 

O incidente ocorreu por volta das duas da manhã (horário local) e a falta de iluminação do espaço contribuiu para que os homens tenham realizado o assalto quase sem serem vistos, tendo o único confronto sido com um segurança que acabou amarrado.

Em conversa com a polícia, uma testemunha diz ter ouvido o momento em que os aviões levantaram voo, mas não estranhou por achar que se tratava de uma emergência médica.

O caso está nas mãos do Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado que está a colaborar com a Força Aérea Brasileira para verificar se os radares instalados nas fronteiras registaram os voos das três aeronaves.