Um norte-americano natural do Estado do Texas tentou apanhar um avião num aeroporto do Maryland, EUA, com um lançador de mísseis na bagagem que tinha despachado para o porão.

Em comunicado, a agência governamental dos Estados Unidos que fiscaliza a segurança nos transportes - a Transportation Security Administration, ou TSA, na sigla original - informou que o lançador de mísseis foi detetado na manhã do dia 29 de julho e que o passageiro a quem pertencia a mala foi imediatamente localizado e detido para interrogatório. 

O homem, residente em Jacksonville, Texas, disse aos agentes que era militar no ativo e que regressava a casa vindo do Kuwait, tendo trazido o lançador de mísseis como "recordação". 

A arma foi confiscada e entregue às autoridades para ser armazenada de forma segura e o passageiro pôde apanhar o voo de regresso a casa. 

A imagem do lançador de mísseis foi partilhada nas redes sociais por uma das porta-vozes da TSA, que ironizou com a descoberta: "Agentes da TSA no Aeroporto de Baltimore/Washington detetaram um lançador de mísseis numa mala esta manhã. O homem disse que o trazia do Kuwait como souvenir. Talvez devesse ter escolhido um porta-chaves!"

O New York Times assinala que não fica claro, porém, como é que o passageiro conseguiu chegar ao aeroporto no Maryland com o lançador de mísseis na mala, uma vez que este não seria o primeiro voo em que embarcava.