O astronauta norte-americano Alan Poindexter morreu aos 50 anos depois de ter sofrido um acidente de jet ski em Pensacola, no estado da Florida.

Segundo o «Pensacola News Journal», Alan Poindexter seguia num jet ski com um dos seus filhos, de 22 anos, quando foi atingido pelo jet ski conduzido pelo seu filho mais velho, de 26.

O astronauta foi atirado para fora do aparelho. Depois de levado para a praia ainda foi sujeito a manobras de reanimação e transportado para um hospital de helicóptero, onde faleceu, vítima dos ferimentos.

Nenhum os filhos de Poindexter sofreu ferimentos e o caso está já a ser investigado.

A NASA já lamentou o incidente, salientando que a agência espacial está de luto devido à morte do astronauta, que participou em duas missões durante a sua carreira.

Em 2008 foi o piloto do Atlantis numa missão para levar o laboratório Colombo, na Agência Espacial Europeia, rumo a Estação Espacial Internacional. Em 2010, comandou o vaivém Discovery numa missão de transporte de carga para o espaço.

Antes de começar a trabalhar para a NASA, em 1998, Alan Poindexter foi piloto de combate, tendo combatido na Operação Tempestade no Deserto, no Iraque. Depois, torno-se piloto de testes, acumulando mais de quatro mil horas de voo em mais de 30 tipos de aeronaves.