Pelo menos 16 pessoas morreram, na maioria civis, e nove ficaram feridas na sequência de um ataque hoje a uma empresa de construção no leste do Afeganistão.

Segundo o porta-voz do governador da província de Nangarhar, o ataque foi feito por cinco insurgentes, dois dos quais detonaram coletes suicidas, enquanto os outros três foram baleados e mortos pelas forças de segurança afegãs.

Segundo as autoridades, nove trabalhadores da empresa, localizada perto do aeroporto de Jalalabad, capital da região, ficaram feridos e foram levados para hospitais próximos.

Até agora, nenhum grupo reivindicou o ataque em Nangarhar, onde estão tanto os talibãs como o grupo extremista Estado Islâmico (EI).

Desde o fim da missão de combate da NATO em janeiro de 2015, o Governo de Cabul foi perdendo terreno para os talibãs até controlar apenas 56% do país, segundo o inspetor especial general para a Reconstrução do Afeganistão (SIGAR) do Congresso dos EUA.