Uma família que foi atingida com ácido após abrir a porta de casa ficou ferida com gravidade e afirma que foi vítima de uma “confusão de identidade”.

O incidente ocorreu em Colindale, no Reino Unido, e fez com que uma criança de 10 anos, tal como o pai e a mãe, de 43 e 36 anos, tenham sido levados de urgência para o hospital.

Os serviços de emergência foram chamados ao apartamento da vítima, em Beaufort Park, por volta das 19:20 horas de segunda-feira.

De acordo com o jornal The Mirror, os operacionais estavam a responder a um relato de um ataque com uma "substância corrosiva".

A Polícia Metropolitana afirma que as três vítimas sofreram ferimentos graves, mas não considerados fatais. Todos os membros da família receberam alta hospitalar.

Vizinhos contaram à imprensa britânica que o ataque foi executado por um estranho que bateu à porta.

O pai da família, que não quis ser identificado, descreveu o incidente ao jornal Mail Online: “A minha esposa atendeu a porta e comecei a ouvir muitos gritos. Corri para ver o que estava a acontecer e senti as minhas pernas a queimarem”.

"Não sei do que se trata. Eu vi a pessoa que fez isso e não o reconheci. Acho que todos nós fomos vítimas de uma confusão de identidade. Este ataque não tem nada a ver conosco porque nós não somos esse tipo de família. "

O pai acrescentou que a sua filha era a que estava com ferimentos mais graves, à data do ataque. 

Redação / HCL