A polícia Metropolitana revelou, este domingo, em comunicado, que se encontram quatro polícias entre os 48 feridos: três polícias metropolitanos e um agente da Polícia de Transporte.

Segundo o comunicado, um dos polícias metropolitanos encontrava-se à civil no momento do ataque, mas deteve um dos atacantes tendo sido esfaqueado. Encontra-se em estado crítico no hospital.

Também o agente da Polícia de Transporte ficou seriamente ferido no ataque, estando internado em estado grave. Apesar da gravidade dos ferimentos, os polícias não correm perigo de vida.

O polícia de transporte britânico que ficou ferido durante o ataque enfrentou os terroristas só com um bastão, revelou o chefe Paul Crowther, citado pelo The Guardian.

Tendo visitado o agente no hospital pouco depois dele ter sido admitido para tratamento, consegui ouvi-lo contar o que aconteceu na noite passada. Ficou claro que ele mostrou uma coragem enorme em frente ao perigo, assim como muitos outros que acorreram ao local para ajudar. Apesar de estar seriamente ferido, ele conseguiu recontar como enfrentou os atacantes armado apenas com o seu bastão, no exterior da estação da ponte de Londres. Para um agente que apenas se juntou a nós há menos de dois anos, a coragem que ele mostrou é fora do normal e faz-me sentir extremamente orgulhoso", afirmou Paul Crowther.

Pelo menos sete pessoas morreram, além de três atacantes, e 48 ficaram feridas nos ataques na ponte de Londres e no mercado de Borough em Londres. Os atacantes atropelaram as pessoas na ponte e esfaquearam outras depois de saírem do veículo, antes de serem abatidos pela polícia.