Oficiais da polícia da Irlanda do Norte foram atacados com cocktails molotov após a prisão de um dirigente republicano, supostamente envolvido na morte de dois soldados britânicos, há uma semana, avança a AFP.

Grupos de jovens encapuzados envolveram-se em confrontos com a polícia que foi alvo de pedras e cocktails molotov no bairro de Lurgan, no sudoeste de Belfast, nas proximidades da casa de Colin Duffy.

O ataque ocorreu depois da prisão de Duffy, de 41 anos, ex-integrante do Exército Republicano Irlandês. Foram ainda detidos, este sábado, outros dois suspeitos de envolvimento na morte dos soldados britânicos.

Há uma semana homens armados atacaram o quartel de Massereene, em Antrim, 25 km a noroeste de Belfast, matando os dois militares britânicos.

O IRA Autêntico, braço dissidente do Exército Republicano Irlandês (IRA), reivindicou o ataque ao quartel.