Um jornalista do New York Observer desafiou os jihadistas do Estado Islâmico a tentarem assassiná-lo, a troco de 50 mil libras (57 mil euros).

Andre Walker lançou o desafio após o atentado de Londres, deste sábado, que fez sete mortos e 48 feridos.

“A minha cabeça a prémio. Qualquer terrorista do Estado Islâmico que me consiga matar recebe 50 mil libras. Vou dar o meu endereço. Nada de polícia, mas tenho uma espada. Boa sorte”.

Como escreve o britânico The Independent, a publicação de Walker recebeu vários comentários de humor, mas muitas críticas, pela proximidade com o evento que provocou a morte a sete pessoas.

Numa coluna assinada no NY Observer, Andre Walker explicou que o objetivo era demonstrar que todos os terroristas são cobardes.

"Como resultado da minha oferta, recebi três milhões de visualizações no meu Twitter, mas nem um pedido para lutar comigo. (...) Não me escondi em casa, saí com amigos em Londres. Amanhã, quando saírem à rua, pensem que os terroristas tiveram tanto medo que não conseguiram desafiar um homem de meia-idade, gordo, com uma espada".