atentados terroristas de Paris

CNN



Le ParisienCNN


“Outros atentados estavam a ser preparados em áreas judias, transportes públicos e escolas”, disse a fonte, à CNN.



pensava-se que estivesse em Bruxelasum dos homens que ajudou o suspeito a sair de Paris

“Ele não soube que era Salah e não o reconheceu imediatamente porque estava a usar um chapéu. No carro, Salah disse-lhe que o irmão, Brahim, tinha morto pessoas em Paris e que se tinha feito explodir”, esclareceu o advogado.



falou ainda com amigos no Skype





CNN

“Provavelmente viu ou ouviu algo que não era aquilo que estava à espera e decidiu não avançar com o que queria fazer”.