Na Austrália, um atum com dimensões fora do normal foi pescado na costa norte da Nova Gales do Sul, durante a manhã de terça-feira.

Este atum-rabilho com uns colossais 271 quilos foi capturado por uma embarcação, especializada na pesca de palangre, instalada ao largo da costa da cidade australiana de Coffs Harbor.

Em média, este tipo de atum pesa cerca de 60 quilos e tem perto de 150 centímetros quando pescado, quatro vezes menos que o animal agora capturado.

Assim que for devidamente medido pelo Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation (CSIRO), este espécime deverá esmagar o anterior recorde de maior atum pescado na Austrália, que foi fixado por um exemplar de 148 quilos e 185 centímetros.

O atum-rabilho acabou por ser apresentado no Sydney Fish Market, para surpresa dos transeuntes.

É um peixe espetacular e perfeitas condições. Contudo, um peixe deste tamanho não é bem o que procuramos, por ser demasiado grande. Precisa de ser consumido em poucos dias e usá-lo todo para sashimi torna-se complicado”, explica Erik Poole gerente do Sydney Fish Market ao site nine.com.au.

O  exemplar acabou por ser vendido, no próprio dia, a um retalhista de pescado chamado Claudio’s Seafood, que abastece um grande número de restaurantes japoneses nos arredores de Sydney.

Apesar das grandes dimensões, este peixe fica muito aquém do recorde mundial do maior atum alguma vez pescado no planeta. Esse feito aconteceu a 26 de outubro de 1979, quando o capitão Eric Samson capturou exemplar com mais de 670 quilos, na Nova Escócia, no Canadá. Um animal queria teria cerca de 40 anos de vida.

Nuno Mandeiro