Um homem foi detido na Austrália por “crueldade horrível” depois de ter publicado um vídeo em que se exibe a atropelar de carro, e de propósito, vários emus, as maiores aves nativas do país e as segundas maiores aves vivas no mundo, depois da avestruz.

No vídeo, o condutor é ouvido a aplaudir enquanto atropela mortalmente os pássaros numa estrada de terra, com o próprio carro.

Isto é ótimo. Acertei no outro e também naquele", afirma.

De acordo com a estação de televisão britânica BBC News, o vídeo, publicado online, no início da semana, causou indignação na Austrália e levou a uma mobilização nacional para identificar o infrator. Autoridades de bem-estar animal condenaram o incidente, que classificaram de "horrível".

A Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals (RSPCA), associação que promove o bem-estar dos animais, publicou um comunicado na página oficial no Facebook em que afirma que “a comunidade está compreensivelmente indignada e muito zangada - assim como nós” e agradece a quem forneceu informações sobre o vídeo e o condutor.

Inequivocamente condenamos este tipo de comportamento, pois mostra claramente um desrespeito pelas vidas de animais nativos vulneráveis", lê-se no texto.

A polícia do Estado australiano de Victoria disse, esta sexta-feira, que um homem de 20 anos enfrenta várias acusações de crueldade contra animais. A mesma polícia acrescentou que o vídeo foi filmado em Cowangie, uma cidade a cerca de 500 quilómetros a noroeste de Melbourne.

O suspeito vai responder em tribunal em novembro e arrisca uma pena de até dois anos de prisão e uma multa de 74.620 dólares australianos (46.192 euros).