Um avião privado norte-americano despenhou-se na pista do Aeroporto Internacional de Toncontín, nas Honduras, mas não há registo de mortos.

O avião saiu da pista e partiu em dois, começando a derramar combustível após o despiste. Sobre o avião caíram vários cabos de eletricidade, o que aumentou o perigo para os sete passageiros.

Os bombeiros chegaram rápido ao local e já retiraram as sete pessoas, uma mulher e seis homens. Cinco delas ficaram com lesões ligerias e foram transportadas para o Hospital, confirmaram as autoridades à imprensa no local.

Será agora aberta uma investigação ao acidente, mas uma primeira análise indica um mau cálculo do piloto na aterragem.