Singapura decidiu fechar as suas fronteiras como medida de contenção do novo coronavírus. O país asiático serve como ponto de escala entre a Austrália e a capital do Reino Unido, Londres.

Com o encerramento da entrada na ilha, a companhia aérea Qantas anunciou uma inédita medida para que a ligação não seja suprimida. O voo entre Darwin e Londres, com mais de 16 horas, será o primeiro direto entre Austrália e Reino Unido.

O voo continua a servir como escala entre Londres e Sydney, mas faz história pela ligação entre os dois países. A "Kangaroo Route" faz a última ligação a 26 de março.

O avião parte de Sydney e faz uma paragem de 90 minutos na cidade de Darwin, antes de seguir para o aeroporto de Heathrow.

Curiosamente, como relembra o site Executive Traveller, esta não é a primeira vez que Darwin serve como ponto de paragem entre Sydney e Londres. Na década de 1930, a viagem durava 37 dias, e tinha um total de 10 escalas.

Um hidroavião ligava Darwin a Singapura, numa viagem de quatro dias, que era feita num luxuoso aparelho.