Uma tartaruga invadiu a pista de um dos maiores aeroportos japoneses e fez com que cinco aviões se atrasassem.

O animal, com cerca de dois quilos, foi visto a mover-se lentamente ao longo da pista do aeroporto internacional de Narita, perto de Tóquio, levando a que um piloto, que estava pronto a descolar, contactasse o controlo de tráfego aéreo.

Depois do aviso, os trabalhadores do aeroporto retiram a tartaruga do local com uma rede e aproveitaram para verificar se existiam outros “objetos estranhos” na pista, o que acabou por causar um atraso de 15 minutos a outros quatro voos.

O mais curioso é que um dos aviões afetados, um Airbus A380 da All-Nippon Airways (ANA), estava decorado com várias tartarugas. Esta decoração artística foi realizada em julho para celebrar o início da rota da transportadora para o Havai, onde os animais são considerados sagrados.

No Havai, as tartarugas são vistas como um animal que traz boa sorte e esperamos que esta, que veio ver o voo descolar, sinalize um futuro brilhante", expressou a ANA numa declaração.

De acordo com um jornal local, os trabalhadores do aeroporto são ocasionalmente chamados para retirar outros animais da pista, como gatos, cães e até coelhos. No entanto, os avistamentos de tartarugas são extremamente raros.

Os funcionários acreditam que a tartaruga pode ter vindo de um reservatório de água do aeroporto, localizado a cerca de 100 metros da pista de aterragem.

Redação / IC