“Eu sou parisiense e estou sentado na esplanada de um café”, disse em francês Ban Ki-moon, evocando a frase “Eu estou numa esplanada”, usada depois dos atentados de Paris.