Mar de Andaman

“O governo está a verificar as suas identidades, a questioná-los sobre o que eles querem fazer e para onde querem ir”, contou o porta-voz Ye Htut à Reuters, acrescentando que “ maior parte deles quer voltar para o Bangladesh, por isso agiremos de acordo com os seus desejos”.