O nascimento de um filho é o momento mais especial e esperado na vida dos pais e nem as mudanças provocadas pela Covid-19 conseguiram estragar a magia. 

Mesmo impedido de estar ao lado da mulher durante o nascimento do primeiro filho devido às regras de distanciamento social, Marty Gandelman assistiu a tudo através da plataforma Zoom, de acordo com o site Metro.

Sentado no sofá, foi a única forma encontrada para apoiar e partilhar o momento com a mãe do bebé, Stephanie Gandelman, que estava no Hospital Mount Sinai em Manhattan, nos Estados Unidos

"O Marty estava mais chateado do que eu, para ser sincera, porque o Jake é nosso primeiro filho e ele ficou triste por não poder estar lá para o ver nascer", contou Stephanie. "Quando estava em trabalho de parto, pensava na camera como sendo o Marty, e não como uma camera. Isso não mudou nada para mim e foi reconfortante saber que ele estava lá."

A parte mais importante para Stephanie aconteceu, Jake nasceu saudável. Para Marty, o mais complicado foi ver a mulher com dores e não poder ajudá-la e não abraçar Jake logo que nasceu. 

“Quando vi a quantidade de médicos que estavam na sala através do Zoom, sabia que ela estava segura, o que ajudou", disse Marty. "Ver que ela e o bebé estavam bem deixou-me feliz e poder assistir ao momento fez-me sentir que estava na sala com eles."

A possibilidade do parceiro acompanhar tudo através do Zoom foi logo dada ao casal, no dia quem o hospital decretou que as grávidas não podiam levar nenhum acompanhante para a sala de partos. 

O casal estava a tentar engravidar há três anos. O bebé é fruto da quarta tentativa de fertilização in vitro, depois de Stephanie ter sofrido três abortos espontâneos nas primeiras semanas de gestação. 

Nós temos os dois um problema de fertilidade, principalmente eu, porque tenho menos ovos. Quando engravidei pela quarta vez, fiquei com muito medo de abortar novamente", contou Stephanie. "Mas a gravidez foi ótima, pelo menos até ao início da pandemia mundial de coronavírus que começou duas semanas antes do parto do bebé."

Marty foi buscar Stephanie e Jake ao hospital, um dia depois do parto. 

Somos apenas três em casa e ainda não tivemos visitas", explicou."É difícil para os avós, mas temos feito muitas chamadas de vídeo e enviamos fotografias para todos."

Carolina Brás