A Polícia da Bolívia deteve na sexta-feira uma mãe que vendeu a filha de seis meses pelo valor equivalente a 287 dólares (256 euros), e também deteve a compradora, informaram as autoridades de La Paz.

O procurador do Departamento de La Paz, Edwin Blanco, disse que a mãe alegou pobreza para vender a menina, porém ambas foram acusadas do crime de tráfico de pessoas e que serão presentes a um juiz para medidas cautelares.

Após ser resgatada, a bebé passou ficou sob a responsabilidade do Provedor da Criança de La Paz, que a internou num centro do Estado.

Edwin Blanco explicou que a compradora alegou que apenas queria proteger e criar e menina, mas frisou que para isso devia ter recorrido às vias legais, apresentando o caso num tribunal de menores.