Algumas das localidades belgas afetadas pelas inundações da semana passada reforçaram este sábado as medidas de precaução, depois de o Instituto Real de Meteorologia da Bélgica ter emitido alerta laranja para novas tempestades, durante o fim de semana.

O governador da província de Liége, no sudeste da Bélgica, uma das mais afetadas pelas inundações da semana passada, convocou uma reunião de crise e colocou em alerta os serviços de proteção civil, bombeiros e exército.

Não estamos na mesmo situação quanto à precipitação. O princípio da precaução obriga a isso, não posso ter um discurso que consista em dizer que não vai acontecer nada”, afirmou Hervé Jamar.

Também a presidente da câmara de Limburg, no norte do país, recomendou à população para que saísse das zonas alagadas desde a semana passada, uma vez que a tempestade pode sobrecarregar novamente as áreas afetadas.

Na cidade de Verviets, próximo de Liége, as autoridades transformaram um centro desportivo, para acolher as pessoas que o desejam.

O Instituto Real de Meteorologia da Bélgica prevê para este sábado à tarde e manhã de domingo novas tempestades, “muito mais localizadas no espaço e no tempo do que na semana passada”, mas não descarta a possibilidade de “inundações ocasionais”.

Segundo o último balanço das autoridades belgas, 36 pessoas morreram devido às cheias da semana passada.

/ NM