Um surto de covid-19 provocou a morte de, pelo menos, 18 idosos num lar na Bélgica, depois da visita de um homem vestido de Pai Natal e que, dias depois, soube que estava infetado com o novo coronavírus.

Tudo aconteceu no lar Hemelrijck, na cidade de Mol, na Bélgica, quando o filho de um funcionário não quis deixar passar o Natal em branco, segundo a imprensa local.

Até agora, 121 residentes do lar já testaram positivo nas últimas semanas, além de 36 funcionários.

A autarquia local afirmou que a grande maioria dos infetados encontra-se "bem" e alegou que foram cumpridos todos os cuidados durante a visita.

"O Pai Natal manteve a distância de segurança recomendada de todos os residentes e a visita durou pouco tempo. E não houve distribuição de presentes", acrescentou. 

Lara Ferin