Um homem de 56 anos foi preso depois ter roubado mais de 700 peças de roupa interior feminina de uma lavandaria automática, na cidade de Beppu, no sul do Japão.

As autoridades foram, inicialmente, alertadas por uma estudante universitária, de 21 anos, que acusou Tetsuo Urata de lhe ter roubado seis pares de roupa interior numa lavandaria, no dia 24 de agosto, explica o site de notícias Abema TV.

A polícia revistou o apartamento de Tetsuo e lá encontrou 730 peças de roupa interior escondidas. O homem acabou por ser preso e por admitir o roubo das peças, segundo o site de notícias japonês Yahoo Japan News.

Há anos que não confiscávamos um número tão grande de roupa interior", afirmou um porta-voz do departamento de polícia da cidade de Beppu à Abema TV.

Em março deste ano, um outro homem, Takahiro Kubo, eletricista de 30 anos, foi acusado pelas autoridades de roubar 424 peças de roupa íntima de adolescentes no sudoeste do país

Redação / IC