Nos Estados Unidos, a morte de um homem, afro-americano, vítima de brutalidade policial e de indiferença, em maio de 2020, colocou o combate ao racismo na agenda de todo o mundo.

Durante o verão, os Estados Unidos foram palco de contínuas manifestações por todo o país, que degeneraram em confrontos e declarações de estado de emergência em várias cidades.

Mas houve também momentos de compaixão, como aquele entre um manifestante e um agente da polícia durante um protesto em Nova Iorque. Um aperto de mãos de olhos fechados, com tantas palavras no silêncio.

George Floyd, 46 anos, morreu asfixiado pelo joelho de um polícia branco, na cidade norte-americana de Minneapolis, depois de ter sido detido na rua.

Na galeria associada a este artigo está uma seleção das melhores fotos de 2020 para a agência noticiosa Associated Press.

Catarina Machado