O dono de uma discoteca em Sarajevo, na Bósnia-Herzegovina, salvou uma mulher que estava a ser agredida no exterior.

A cliente foi seguida por um homem à saída do estabelecimento, que a agarrou pelo cabelo e começou a agredir atrás de um carro. Dennis Stojnic testemunhou a agressão através das câmaras de videovigilância e não hesitou em socorrer a vítima.

As imagens são da madrugada de 30 de dezembro, mas só agora se tornaram virais nas redes sociais.

Dennis Stojnic, 38 anos, antigo praticante de Artes Marciais Mistas, dominou sem dificuldades o agressor, apesar de este, segundo o proprietário da discoteca, ser "enorme".

Dominado o agressor, e já na presença da sua equipa de seguranças, chamou um táxi para levar a mulher, que não quis apresentar queixa na polícia.

"Infelizmente, no meu país, a violência contra mulheres ocorre com frequência. O meu dever enquanto homem, cidadão e proprietário de discoteca é que todos os clientes se sintam seguros. Especialmente as mulheres", disse o ex-lutador em entrevista a um tabloide britânico.