O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, assumiu esta segunda-feira, na primeira entrevista após o sufrágio à TV Record, que pretende convidar o juiz Sérgio Moro para próximo ministro da Justiça.

Questionado sobre se tinha intenção de nomear o juiz que conduziu vários processos no âmbito da Operação Lava Jato, que investigou diversos esquemas de corrupção, Bolsonaro confirmou a ideia, mas adiantou mesmo pretender Sérgio Moro no seu governo.

Pretendo sim. Não só para o Supremo, mas quem sabe até para o Ministério da Justiça. Pretendo conversar com ele, saber se há interesse dele nesse sentido também. Pretendo conversar brevemente com ele e se houver interesse da pafrte dele, com certeza será uma pessoa de extremas importância num governo como o nosso", afirmou Jair Bolsonaro.

Sérgio Moro tem sido o principal juiz que assumiu a instrução e julgamento de vários casos no âmbito do processo anti-corrupção "Operação Lava Jato", incluindo a condenação do antigo presidente Lula da Silva.

Até ao momento, questionado pela agência noticiosa Reuters, Sérgio Moro não comentou a intenção de Bolsonaro.