Um grupo de seis cães foi atrás da ambulância e esperou várias horas pelo dono à porta de um hospital depois de ele ter sofrido um ataque cardíaco, na última quarta-feira. Enquanto esteve internado, Luiz, um sem-abrigo, confirmou que tem seis amigos com os quais pode contar para sempre.

A situação que está a comover a Internet aconteceu no Brasil, no hospital do Paraná, onde os animais, depois de terem andado vários quilómetros, permaneceram durante 24 horas à porta do hospital de Cianorte, no sul do país.

Os cães estavam desesperados. Seguiram a ambulância, correndo desenfreadamente atrás desta pelas ruas e chegaram no preciso momento em que o Luiz estava a entrar. Ficaram loucos ao olharem para ele e uivaram sem parar na entrada. Depois, recusaram-se a sair”, explicou uma das responsáveis da Associação Amigos de Patas, Simone Zilane, ao site brasileiro G1

A imagem que circula nas redes sociais e na imprensa brasileira foi captada por membros da mesma associação, que revelou que, quando chegaram ao hospital, os animais “ficaram a chorar do lado de fora e continuaram em vigília.”

De acordo com o jornal Gazeta Online, a associação confirmou que o homem vive na rua há 20 anos por vontade própria e é acompanhado há vários meses pelos seis cães. Os Amigos de Patas Cianorte têm apoiado o Luiz na alimentação e nos tratamentos de saúde dos animais que conquistaram vários internautas depois do gesto de fieldade que tiveram para com o dono.

No entanto, os cães não tiveram de esperar muito para o dono ter alta, sendo que, no dia seguinte, Luiz já pôde abraçá-los novamente. A associação revelou que o homem e os animais ficaram numa residência familiar.

Quando Luiz saiu do hospital foi recebido pelos seus fiéis companheiros com uma grande euforia. Samantha Rossi, uma utilizadora do Facebook, publicou uma fotografia do momento do reencontro.