A data do casamento estava marcada há um ano. 17 de abril deveria ter sido o dia mais feliz da vida de Bruno Silva e Beatriz Miranda. Mas foi exatamente o contrário: nesse dia, Bruno morreu, vítima de covid-19.

Bruno tinha 30 anos e era publicitário. Namorava há 11 anos com Beatriz. Viviam em Assis, no estado de São Paulo, Brasil, e tinham dois filhos .

Em março, toda a família apanhou covid-19 mas só Bruno ficou realmente doente. No dia 27 de março começou a sentir falta de ar e dores no corpo e poucos dias depois teve de ser internado. Acabou por ser transferido para os cuidados intensivos e, apesar de todos os tratamentos, o seu estado de saúde piorou muito rapidamente e ele morreu no passado dia 17.

Ao site G1, a noiva conta que “a festa estava toda preparada. Já tinha o vestido, o buffet pago, estávamos a planear há um ano. Alguns dias antes, cerca de duas semanas, decidimos adiar a cerimónia, mas como começámos com sintomas nem pensámos mais nisso, nem trocámos a data”. 

Esta sendo bem difícil, todos os nossos sonhos ficaram para trás. Eu mandei fazer meu vestido, cada detalhe…é muito difícil. O foco dele era só decolar, ir para frente", conta.

A gravidade da doença foi uma surpresa porque Bruno era jovem, e não sofria de “nenhum problema de saúde”.

Redação