Dani Alves regressou ao Brasil após 17 anos a viver na Europa e revelou que há locais dos quais não sente saudades por serem grandes metrópoles, mas não só.

«Paris também é uma cidade stressante, não gosto muito. Se for a Paris por uma semana, vai ser a viagem da vida. Mais que isso, já cansa», disse o jogador do São Paulo, ex-PSG, em entrevista à GQ.

Todas as notícias do futebol brasileiro

«Lembra um pouco São Paulo. Mas lá eles são racistas para c******. Muito mesmo. Comigo não faziam nada, até porque eu mandaria todo mundo tomar no c*, mas eu via com meus amigos», acusou Dani Alves, que contou que se sentiu mais à vontade em cidades mais «quentes», como Barcelona e Sevilha.

«As pessoas lá parecem brasileiras, passam a vida na rua, têm uma boa energia.»