Uma mulher norte-americana, de 71 anos, foi detida quando tentava embarcar no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, no Brasil, para Lisboa, com dois quilos de cocaína, informou esta quarta-feira a Polícia Federal brasileira.

Segundo um comunicado emitido pelas autoridades locais, a cidadã dos Estados Unidos da América foi presa na tarde de terça-feira.

Polícias federais, acionados por funcionários que analisam as imagens das bagagens despachadas que transitam nas esteiras, produzidas pelo aparelho de raio-X, localizaram a proprietária da mala selecionada, que embarcaria no voo para Lisboa, em Portugal”, relatou a polícia brasileira.

Perante as suspeitas acerca do conteúdo da bagagem da idosa norte-americana, os agentes conduziram-na à sede da Policial Federal para que, na presença de testemunhas, acompanhasse a revista aos seus pertences.

Dentro de um fundo falso da mala os agentes de segurança encontraram dois volumes contendo mais de dois quilogramas de cocaína.

A suspeita disse às autoridades locais que a mala não lhe pertencia, apenas o cadeado que a fechava, e que a bagagem lhe foi entregue por uma pessoa desconhecida, dizendo que alguém a procuraria no destino final, a cidade de Paris, na França.

A idosa detida com a cocaína também afirmou que não sabia da existência da droga e que não receberia nada pelo transporte da mala.

Segundo as autoridades brasileiras a mulher, que não foi identificada, será apresentada à Justiça Federal onde responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Agência Lusa / NM