O Reino Unido registou 37 mortes e 28.773 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados oficiais atualizados pelo Governo, que admitiu que o número de casos diários deverá chegar aos 100 mil no verão. 

Quando chegarmos a 19 de julho, estimamos que o número de casos então seja pelo menos o dobro do que são agora, cerca de 50.000 novos casos por dia”, disse em declarações esta terça-feira à BBC, o ministro da Saúde britânico, Sajid Javid.

Naquela data o Governo pretende levantar a maioria das restrições em vigor, nomeadamente o uso obrigatório de máscara em espaços públicos fechados, o limite nos ajuntamentos de pessoas e capacidade em salas fechadas e retoma de atividades como discotecas. 

Javid reconheceu que essa quarta e última etapa do plano de desconfinamento em Inglaterra deverá resultar num novo aumento de infeções. 

À medida que aliviamos e entramos no verão, esperamos que [os contágios] aumentem significativamente e possam chegar a 100.000 casos [por dia]”, acrescentou.

Na segunda-feira o Reino Unido tinha notificado nove mortes e 27.334 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, embora os dados do fim de semana sejam mais baixos devido ao atraso no processamento.

Nos últimos sete dias, entre 30 de junho e 06 de julho, a média diária foi de 20 mortes e 26.632 casos, o que corresponde a uma subida de 20,3% no número de mortes e de 49% no número de infeções relativamente aos sete dias anteriores.

A média diária de pessoas hospitalizadas foi de 299 entre 24 e 30 de junho, um aumento de 29,1% face aos sete dias anteriores.

No domingo estava hospitalizados 2.140 pacientes, dos quais 336 com auxílio de ventilador. 

Desde o início da pandemia, foram notificados 128.268 óbitos atribuídos à covid-19 num total de 4.958.868 infeções confirmadas no Reino Unido.

Desde dezembro foram inoculadas 45.428.681 pessoas, o que corresponde a 86,2% da população adulta vacinada, e 33.874.176 milhões de pessoas, ou 64,3% da população adulta, já receberam também a segunda dose.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 3.987.613 mortos em todo o mundo, resultantes de mais de 184,1 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente feito pela agência France-Presse.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.118 pessoas e foram registados 892.741 casos de infeção, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, a Índia ou a África do Sul.

/ JGR