O centro comercial Woluwe, em Bruxelas, teve de ser evacuado, esta sexta-feira, na sequência de uma ameaça de bomba, avança a imprensa belga.

Para além deste, outros dois "shoppings", Docks Bruxsels e Westland Shopping, um deles em Anderlecht, foram também alvo do mesmo procedimento.

Um vídeo partilhado nas redes sociais mostra o aparato policial que foi criado em torno do centro comercial Woluwe.

De acordo com o jornal belga Le Soir, as instalações dos centros comerciais foram revistadas, mas "a inspeção não revelou nada", afirmou o autarca de Woluwe-Saint-Lambert, Olivier Maingain, o bairro de Bruxelas onde se localiza um dos centros comerciais evacuados.

A operação acabou e a inspeção não revelou nada. Nesta altura, ainda não conhecemos os autores deste falso alarme", disse, acrescentando que há uma investigação em curso.

Olivier Maingain revelou ainda que foi enviado um e-mail para o centro comercial Woluwe, escrito em inglês, a anunciar a colocação de bombas no espaço, "por causa da política externa de Bruxelas", cita o Le Soir.