George W. Bush teve uma recepção diferente na última visita ao Iraque como presidente dos Estados Unidos. Durante uma conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro Nui al-Maliki, viu um jornalista atirar-lhe dois sapatos e chamar-lhe «cão», informa a Associated Press.

Muntadar al-Zeidi, correspondente do canal de televisão Al-Baghdadia, de propriedade iraquiana e com sede no Cairo (Egipto), tentou acertar em Bush, mas os reflexos do presidente evitaram o pior.

«Este é beijo de despedida, pedaço de cão», gritou o jornalista antes de arremessar os sapatos, num acto que significa desprezo na cultura iraquiana. Mais tarde, Bush brincou com o incidente: «Tudo que posso dizer é que são do tamanho 10».

VEJA O VÍDEO