As autoridades descobriram 44 corpos mutilados, divididos entre 119 sacos de plástico pretos, enterrados num poço na cidade de Guadalajara, no estado de Jalisco, México.

A polícia informou que os restos mortais foram encontrados no início de setembro, quando os moradores se começaram a queixar do mau cheiro proveniente do local.

Segundo a BBC, a grande maioria dos corpos estavam completamente mutilados e desmembrados, por isto as autoridades tiveram de juntar os diferentes membros de forma a conseguirem identificar os restos mortais.

Contudo, muitos dos cadáveres continuam por identificar.

O departamento forense já informou que não tem meios necessários para concluir a operação. Por esta razão, uma organização local pediu ao governo para enviar mais especialistas de forma a auxiliar as autoridades na identificação dos corpos.

Jalisco é uma região dominada por alguns dos gangues de droga mais violentos do país e é o segundo estado mexicano com o número mais elevado de corpos encontrados este ano.