O Stratolaunch, o maior avião do mundo, foi mostrado pela primeira vez na quarta-feira, na Califórnia, para realizar os primeiros testes de combustível, impressionando quem estava no local.

Esta aeronave tem um comprimento de asas maior do que um campo de futebol, duas fuselagens, mais de 15 metros de altura e 28 rodas. Produzido pela empresa Stratolaunch Systems, de Paul Allen, um dos bilionários fundadores da Microsoft, o avião não foi pensado para transportar pessoas, mas sim ajudar a colocar foguetões e satélites no espaço.

A empresa começou por adquirir dois Boeing 747 e montou-os num só aparelho. O Stratolaunch conta agora com seis motores e pode transportar mais de 227 toneladas de carga. Terá de passar por vários testes antes de ser lançado aos céus.

Em comunicado, a Stratolaunch Systems diz que esta etapa marca o “fim da fase inicial de construção da aeronave e o início da fase de testes em terra antes do primeiro voo”.

De acordo com a CNN, o diretor executivo da Stratolaunch, Jean Floyd, disse que o objetivo é conseguir uma demonstração do lançamento já em 2019, com o lançamento do foguete Pegasus XL, usado normalmente para transportar satélites, que irá no meio das duas cabines.

"Nas próximas semanas e meses, iremos realizar testes de linha terrestre e de linha aérea. Esta é uma aeronave de primeira classe, então vamos ser diligentes durante os testes e continuaremos a priorizar a segurança dos nossos pilotos, equipas e pessoal."