Meghan Markle fez a primeira aparição pública desde que teve lugar no Reino Unido a cimeira real com a rainha, que decidiu apoiar a decisão dos duques de Sussex de se afastarem da casa de Windsor.

A duquesa esteve no Downtown Eastside Women’s Centre, um centro para mulheres em situações de risco num bairro desfavorecido de Vancouver, no Canadá, para onde Meghan regressou na semana passada.

Vejam com quem tomámos chá hoje! A duquesa de Sussex, Meghan Markle, visitou-nos para discutir problemas que afetam as mulheres na nossa comunidade", lê-se na legenda da fotografia partilhada na página de Facebook do centro, em que Meghan surge rodeada por um grupo de oito mulheres.

 

Segundo a imprensa britânica, tratou-se de uma visita surpresa. "Ela perguntou sobre o que as mulheres precisam em termos de apoio. Foi uma boa reunião", disse uma das funcionárias, citada pelo Daily Mail. 

O filho de Harry e Meghan, Archie, não acompanhou a mãe na visita. 

Recorde-se que. na segunda-feira, a rainha Isabel II reuniu-se de emergência com o príncipe Carlos e os duques de Sussex e Cambridge, para definir em que moldes poderão Harry e Meghan tornar-se independentes financeiramente da família real, afastando-se dos papéis que agora assumem na monarquia britânica.

Meghan Markle, que já estava no Canadá, acabou por não participar na reunião: um porta-voz do Palácio de Cambridge revelara que a duquesa deveria entrar na discussão via telefone ou  videoconferência, mas fonte real já veio dizer que Meghan não falou porque ela e o marido não considereram que fosse necessário, perante o desenvolver dos acontecimentos.