Uma pessoa morreu e cinco ficaram feridas num ataque com faca, no sábado, em Vancouver, no Canadá.

O suspeito foi, entretanto, detido, disse hoje a polícia.

As seis vítimas foram hospitalizadas e uma mulher, cuja identidade não foi divulgada, morreu devido aos ferimentos.

O suspeito é um homem com antecedentes criminais, disse à imprensa o sargento da polícia criminal de Vancouver, Frank Chang, sem adiantar mais pormenores.

A polícia indicou que o suspeito terá atuado sozinho, mas disse ignorar, por enquanto, o motivo do ataque, perto de uma biblioteca municipal, na zona norte de Vancouver.

Pensamos ter detido o único suspeito (...) pensamos saber quem fez o quê, onde e quando, o nosso trabalho é agora determinar porquê", acrescentou Chang.

O sargento lançou um apelo a quem registou imagens do ataque para as entregar aos investigadores e não divulgar nas redes sociais.

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, e vários membros do governo reagiram já na rede social Twitter.

Os meus pensamentos estão com Vancouver esta noite. A todos aqueles que foram atingidos pelo incidente violento ocorrido em Lynn Valley, saibam que todos os canadianos pensam em vós e desejam uma rápida recuperação aos feridos", escreveu Trudeau.

/ CM