O ainda primeiro-ministro de França, Manuel Valls, vai renunciar ainda esta terça-feira ao cargo, segundo a imprensa do país e na quarta-feira arrancará logo com a sua campanha. Entretanto, o Eliseu já anunciou o sucessor: Bernard Cazeneuve, ministro do Interior, será o próximo primeiro-ministro.

O Twitter oficial de Manuel Valls já diz tudo. Apresenta-se como candidato à Presidência da República e não como primeiro-ministro. A foto de capa é, inclusive, já em tom de campanha. O sinal que se esperava para uma mudança bastante repentina na política francesa. 

 

Twitter oficial

A renúncia ao cargo atual deverá acontecer ainda esta manhã. O novo governo deverá ser anunciado até ao final do dia.

Já o arranque da campanha será com uma visita ao departamento francês Doubs, com um "grande comício", segundo reporta o Le Monde. Está marcado para as 18 horas no centro comunitário de Audincourt.

O programa final ainda está a ser preparado, segundo a Agence France-Presse.

Valls anunciou na segunda-feira a sua candidatura ao Palácio do Eliseu, depois de o presidente francês, François Hollande, se ter retirado de uma disputa para um segundo mandato.

Veja também:

Mudanças políticas em Itália e França motivam cautela nas bolsas