O ex-presidente do governo regional da Catalunha Carles Puigdemont vai comparecer esta terça-feira perante um tribunal de primeira instância belga.

Em causa está uma nova ordem de detenção e extradição emitida pelas autoridades espanholas.

A ordem de detenção e extradição foi emitida depois de terem sido conhecidas as sentenças dos políticos implicados no processo independentista catalão. Recorde-se que as penas aplicadas vão dos nove aos 13 anos de prisão.

Puigdemont entregou-se à polícia belga no dia 18 de outubro e foi libertado com termo de identidade e residência.

É obrigado a comunicar a sua residência, a dar conta das suas atividades, a estar sempre à disposição das autoridades judicias e a pedir autorização no caso de querer deixar a Bélgica.