O antigo guarda-redes do Benfica, o argentino Carlos Bossio, partilhou com os seus seguidores uma carta de despedida à mulher, que morreu, no domingo, após dar à luz a primeira filha do casal.

Isabella nasceu prematuramente, com sete meses, e o estado de saúde da mulher de Carlos Bossio, agravou-se nas horas seguintes, tendo acabado por sofrer um Acidente Vascular Cerebral.

Ana Bustamante, 42 anos, não resistiu e a menina encontra-se internada e a lutar pela vida, segundo a imprensa argentina.

Boa viagem, amor! Vou recordar-te assim, cheia de alegria, loucura, amor e sempre disposta a ajudar os outros, uma forma de ser que nos encantava e que nos levava a seguir as tuas ideias e loucuras.. Foste um ser especial na terra e agora serás também no céu. Deus leva muitos para fazer a sua equipa, mas agora seguramente que vai formar a Seleção. Serás o meu amor para sempre. E deixaste-me um belo presentinho chamado Isabella, para criá-la como sempre sonhámos. Fica tranquila que vou fazê-lo e que todos os dias lhe contarei como era a sua mãe. Espero que a tua felicidade comigo seja igual à que senti todos estes anos maravilhosos a teu lado. Nunca te esqueceremos e vamos sentir a tua falta todos os dias das nossas vidas", escreveu Carlos Bossio, no Instagram.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Buen viaje! Amor❤️ asi te recordare llena de alegria, locura, amor y dispuesta a darle a los demas a veces hasta lo q vos no tenias....esa forma de ser q nos enamoraba a todos y ese embobamiento q nos llevaba a todos a seguirte en tus ideas y locuras....fuiste un ser especial en la tierra😇 y ahora lo seras en en cielo! Diosito se llevo a muchos para armar su equipo, seguro ahora empezo a armar la Seleccion!! Sos mi Amor eteno! Y me dejaste ese regalito hermoso llamado Isabella🥰 para criarla como siempre soñamos! Quedate trankila q lo voy a hacer y le voy a contar todos los dias como era su Madraza y lo q irradiaba. Ojala tu Felicidad conmigo sea igual a la mia x compartir estos años maravillosos a tu lado, te vamos a recordar y extrañar todos los dias de nuestras vidas mi Pochi Hermosa, te recontra mil AMO ❤️❤️

A post shared by Cordobes y Pirata ☠️💪💙 (@chiquitobossio) on

O Benfica foi um dos muitos clubes que enviou condolências a Carlos Bossio.

Neste momento tão difícil e de dor por que está a passar, fica a mais forte solidariedade e conforto de toda a Família Benfiquista ao nosso antigo guarda-redes", escreveram os encarnados.

Carlos Bossio, 45 anos, jogou em Portugal entre 1999 e 2004, representando Benfica e V. Setúbal. Foi também guarda-redes da seleção argentina entre 1994 e 1996.