Doug, filho do casal garante que recebeu duas chamadas com cinco minutos de diferença,no dia 7 de abril,a informar que os pais tinham morrido.