A imagem do último encontro de Margaret e Derek Firth, casados há 70 anos, está a emocionar pessoas por todo o mundo. A fotografia, tirada pela filha do casal, captou o momento tocante em que deram as mãos pela última vez, nas suas camas de hospital, dias antes de morrerem com covid-19.

Margaret e Derek Firth, ambos de 91 anos, morreram com apenas três dias de diferença, no Trafford General Hospital, em Manchester. A sua história de amor durava desde que tinham 14 anos de idade e estavam casados desde os 21.

Citada pelo Manchester Evening News, a filha do casal e autora da fotografia, Barbara Smith, revelou que quando os pais se encontraram, Margaret perguntou a Derek: “Onde é que tu estiveste?”.

Foi um momento um pouco triste, mas foi muito bonito que eles pudessem voltar a estar juntos”. confessou Barbara Smith. “A partir desse momento, Margaret até pareceu ficar melhor.”

Derek acabaria por morrer no dia 31 de janeiro, seguindo-se de Margaret, três dias depois. Tinham sido internados devido a outros problemas de saúde, mas acabaram por contrair o novo coronavírus. Deixam cinco filhos, onze netos e quatro bisnetos.

Eles adoravam divertir-se a aproveitar a vida ao máximo”, revelou a filha do casal.