Não é à toa que o casuar é considerada a ave mais perigosa do mundo e há um novo caso que o comprova: um norte-americano foi atacado mortalmente por um exemplar desta espécie que tinha na sua casa, em Gainesville, na Florida.

O incidente aconteceu na sexta-feira, de acordo com a CNN. Marvin Hajos, de 75 anos, caiu no quintal e, quando estava deitado no chão, foi atacado pelo casuar.

O homem ainda conseguiu fazer uma chamada inicial para os serviços de emergência pelas 10:00 (hora local). Uma segunda chamada já foi feita por outra pessoa que se dirigiu ao local.

Hajos foi transportado para um hospital nas redondezas, mas acabou por não resistir aos ferimentos.

O casuar permanece na propriedade de Hajos, equanto as autoridades investigam o que aconteceu.

Esta ave rara da Austrália e da Nova Guiné, da família das avestruzes, é considerada uma espécie perigosa para o Homem e as suas gaiolas requerem requisitos específicos.

Na idade adulta um casuar pode atingir os dois metros de altura e pesar até 60 quilos.