"Os líderes políticos da Europa devem aumentar drasticamente os esforços para eliminar progressivamente a poluição relacionada com as centrais termoelétricas a carvão, se quiserem mesmo prevenir a perigosa mudança do clima", refere um relatório hoje divulgado pela Greenpeace Reino Unido e pela Rede Europeia de Ação Climática (CAN Europe).













Mas, a análise da Greenpeace e da CAN Europe "mostra que as emissões com base no carvão só desceram uma média de 2,3% anuais nos últimos nove anos"