O Presidente francês, Emmanuel Macron, recebe esta quarta-feira Angela Merkel, pela última vez enquanto chanceler alemã, e condecorará a líder cessante com a Legião de Honra, a mais alta distinção francesa.

Com as negociações para a formação do novo Governo alemão a chegarem ao fim, Macron vai receber Merkel na localidade de Beaune, junto a Dijon, para uma despedida tradicionalmente francesa.

A chanceler e o seu marido vão ser recebidos ao final da tarde pelo casal Macron nos Hospices de Beaune, edifício medieval reconvertido em museu e que é um dos principais monumentos históricos do país.

A celebração segue depois no castelo de Clos de Vougeot, uma propriedade vinícola com 900 anos de história, onde o jovem pianista francês Alexandre Kantorow vai dar um recital para os dois chefes de Estado e as suas comitivas, seguindo-se um jantar.

Segundo o Palácio do Eliseu, o Presidente "quis que este encontro acontecesse numa cidade onde os monumentos históricos e a cultura do vinho ilustrassem o património francês".

Angela Merkel, que irá deixar o Governo alemão após 16 anos de liderança, será agraciada durante a visita com a Grã Cruz da Legião de Honra, a mais alta distinção francesa.

Esta será também uma ocasião para Angela Merkel e Emmanuel Macron continuarem a discutir a "agenda internacional", depois de terem estado juntos em Roma, na reunião do G20, e na 26.ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP26), em Glasgow.

/ JGR