“Um ano depois, o assassino ainda está em fuga”