"As pessoas têm razão para estarem zangadas. As pessoas têm o direito de protestar. As pessoas têm o direito de ter liberdade de expressão, mas não têm o direito de cometer atos criminosos", disse o responsável da polícia, Garry McCarthy.