Um estudo feito em Wuhan, a cidade chinesa onde 'nasceu' a covid-19, indica que os portadores assintomáticos do vírus podem não contagiar.

A análise, realizada pela revista Nature, foi feita entre maio e junho e concluiu que "não houve evidência de transmissão de pessoas positivas assintomáticas para contatos próximos que foram rastreados".

De acordo com a revista científica, "no presente estudo, a cultura do vírus foi realizada em amostras de casos positivos assintomáticos, e não foi encontrado nenhum vírus SARS-CoV-2 viável".

"Todos os contatos próximos dos doentes positivos assintomáticos obtiveram resultados negativos, indicando que os casos positivos assintomáticos detetados neste estudo provavelmente não eram infecciosos".

O estudo envolveu quase 10 milhões de pessoas.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.381.915 mortos resultantes de mais de 58,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.897 pessoas dos 260.758 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Lara Ferin