Os presidentes dos Estados Unidos e da China estabeleceram uma trégua comercial, que vai adiar por 90 dias o aumento das taxas alfandegárias norte-americanas impostas sobre importações chinesas, anunciou, no sábado, a Casa Branca.

Washington tinha afirmado que a subida das taxas de 10% para 25% ia entrar em vigor a 1 de janeiro.

Donald Trump e Xi Jinping chegaram a acordo durante um jantar, no final da cimeira do G20, que decorreu entre sexta-feira e sábado, em Buenos Aires.

Trump descreveu o encontro como "ótimo" e "produtivo".

O presidente chinês realiza nos dias 4 e 5 de dezembro uma visita oficial a Portugal, onde será recebido pelas principais figuras do Estado e assinará acordos nas áreas da cultura, ciência, agroindústria e comércio.